Programa habitacional do Rio de Janeiro entrega apartamentos sustentáveis em comunidade carente | PiniWeb

Habitação

Programa habitacional do Rio de Janeiro entrega apartamentos sustentáveis em comunidade carente

Edifício é a primeira obra pública a receber o Selo Casa Azul Nível Ouro da Caixa Econômica Federal

Gustavo Jazra
18/Março/2013

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o secretário municipal de Habitação, Pierre Batista, entregaram, na última sexta-feira (16), as primeiras 16 unidades habitacionais do programa Morar Carioca Verde no Morro da Babilônia. Totalizando 117 residências, o programa promove a urbanização sustentável numa área de proteção ambiental (APA) localizada nas comunidades Babilônia e Chapéu Mangueira, no bairro do Leme, na capital fluminense.

O edifício é constituído de dois blocos, com oito apartamentos de 45 m² cada compostos por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Dispositivos sustentáveis como aquecimento solar, reaproveitamento da água das chuvas, janelas com venezianas que permitem maior ventilação e iluminação, lâmpadas de LED, sensores de presença nas áreas comuns, medidoras individuais de água e gás e vaso sanitário com duplo acionamento foram implantados de modo a minimizar os impactos ambientais do empreendimento.

Além disso, foram implantados materiais que não impermeabilizam o solo, como asfalto de borracha, formado por uma mistura de pneus usados. O material está sendo usado para a pavimentação da ladeira Ary Barroso, que dá acesso às duas comunidades.

O edifício é a primeira obra pública a receber o Selo Casa Azul - Nível Ouro, da Caixa Econômica Federal, qualificado pelo programa de Construção Sustentável da Caixa, que reconhece projetos de empreendimentos habitacionais considerando critérios socioambientais. "Dentro do conceito do Morar Carioca, são apartamentos que não irão agredir o meio ambiente de maneira alguma", disse Batista.

Revistas Pini
Destaques da Loja Pini
Aplicativos