Projeto da ponte estaiada sobre o rio Cocó, em Fortaleza, é divulgado | PiniWeb

Infraestrutura

Projeto da ponte estaiada sobre o rio Cocó, em Fortaleza, é divulgado

Trecho sustentado por cabos terá extensão total de 500 metros. Orçamento previsto para obra é de R$ 298,6 milhões

Gustavo Jazra
21/Novembro/2012

A Secretaria de Infraestrutura do Ceará realizou na última segunda-feira (19) uma audiência pública para apresentação dos projetos da ponte estaiada sobre o rio Cocó, em Fortaleza. A sessão contou com a presença de construtoras e de representantes de órgãos públicos e ambientais.

Divulgação: Governo do Ceará

Durante o evento, foram apresentados projetos para a construção da ponte, bem como de seus acessos rodoviários e de um mirante em suas proximidades. A escolha pela ponte estaiada se deve à intenção da Seinfra de intervir da menor maneira possível na área de preservação ambiental do rio.

De acordo com o estudo realizado pelo consórcio OAS/Marquise, a ponte deverá ter 850 metros de extensão, ligando o bairro Cidade 2.000 e o Centro de Eventos do Ceará. A estrutura deve ser suportada por dois mastros de 64 metros de altura, separados por uma distância de 500 metros um do outro.

O trecho estaiado da ponte possui 500 metros, sendo 250 metros do vão central e outros dois adjacentes com 125 metros cada. Ainda segundo o estudo, a ponte terá dois trechos de acesso em laje de concreto, o do lado Sul, com 250 metros de cumprimento, e o do lado Norte, com 100 metros. Ao todo, serão quatro faixas de 3,60 metros cada, além de quatro faixas de segurança e barreiras de concreto lateral e central.

O projeto ainda prevê a construção do Complexo de Cultura e Lazer Mirante de Fortaleza. A torre terá cerca de 100 metros de altura e espaços como galeria de arte, restaurante 360º e praça.

Os estudos do consórcio OAS/Marquise foram feitos pelo custo de R$ 6 milhões, valor este que deverá ser ressarcido pela empresa ou consórcio vencedor da licitação da obra. A empresa ganhadora do certame também será responsável pela execução de serviços de manutenção e conservação dos equipamentos por um prazo de oito anos. O orçamento total previsto para os serviços da Parceria Público Privada (PPP) é de R$ 298,6 milhões.

No dia 10 de dezembro deve ser lançado o edital definitivo da licitação, após a conclusão da fase de estudos ambientais, que já está sendo realizada. Este novo edital substituirá o preliminar, disponível para consulta pública no site da Seinfra até o dia 1º de dezembro.