Gostaria de saber qual a função estrutural da verga e da contraverga em aberturas para janelas; o que a sua ausência acarreta e a partir de que comprimento é necessária a sua colocação. Se possível, indicar a ferragem e o traço de concreto. | PiniWeb

Notícias

Gostaria de saber qual a função estrutural da verga e da contraverga em aberturas para janelas; o que a sua ausência acarreta e a partir de que comprimento é necessária a sua colocação. Se possível, indicar a ferragem e o traço de concreto.

12/Dezembro/2000
Gostaria de saber qual a função estrutural da verga e da contraverga em aberturas para janelas; o que a sua ausência acarreta e a partir de que comprimento é necessária a sua colocação. Se possível, indicar a ferragem e o traço de concreto.
Pergunta elaborada por Jefferson Luís Alves Marinho(Fortaleza-CE); Resposta de referência por Claudio V. Mitidieri Filho( IPT-Divisão de Engenharia Civil); Palavras-chave: alvenaria, verga, contraverga, coordenação de projetos, traço, fissuras; Abordagem(ns): Qualidade no projeto
Nas regiões das aberturas nas alvenarias, isto é, nas proximidades de vãos de portas e janelas, existe uma natural concentração de tensões. As tensões de cisalhamento ou tração, induzidas nessas regiões, podem causar a fissuração da alvenaria; normalmente, as fissuras se originam nos cantos das aberturas. As vergas e contravergas têm a função de evitar a fissuração, "absorvendo" e redistribuindo os esforços na região.

No caso de alvenarias estruturais, as vergas e contravergas são definidas em projeto, podendo ser consideradas as próprias cintas de amarração, intermediária e superior (topo de alvenaria), caso sejam projetadas sob e sobre os vãos, respectivamente. Nesse caso, as vergas e contravergas são executadas com emprego de blocos tipo canaleta, de concreto ou cerâmicos.

Em se tratando de alvenarias de vedação, são pertinentes as seguintes recomendações:

a) Para vãos pequenos, de até 1 m, as vergas e contravergas podem ser constituídas por dois ferros corridos (diâmetro 6 mm), embutidos na argamassa de assentamento dos blocos (fiadas posicionadas no contorno das aberturas). A argamassa deve ser de cimento e areia, e as barras devem ultrapassar as aberturas em, pelo menos, 30 cm.

b) Para vãos pequenos, as vergas e contravergas em concreto armado devem possuir armadura mínima de duas barras (diâmetro 6 mm), ultrapassando o vão em, pelo menos, 20 cm. O traço básico recomendado para o concreto é de 1 : 2, 5 : 5 em volume.

c) Para vãos superiores a 1,50 m, as vergas e contravergas deverão ser dimensionadas como vigas, ultrapassando o vão em, pelo menos, 1/5 da sua dimensão.

d) Quando numa mesma parede existirem diversos vãos sucessivos, a verga e a contraverga deverão ser contínuas, abrangendo todos os vãos.

e) Nos casos mais comuns de portas e janelas de habitações, com vãos inferiores a 1,50 m, a altura da verga pode ser estabelecida em função da modulação vertical definida para a alvenaria; dependendo da situação, poderão ser empregados blocos tipo canaleta.