Quem é o operário da construção? | PiniWeb

Notícias

Quem é o operário da construção?

19/Agosto/2003

Capa
Conheça o perfil dos trabalhadores brasileiros da construção civil. Dados do IBGE, Ministério do Trabalho e sindicatos revelam como vivem e trabalham esses operários
Quem é o operário da construção?
Nas grandes cidades, tem trabalhador que concluiu o ensino fundamental e até fez curso técnico. Mas em geral a realidade é outra: pouca qualificação, baixa escolaridade e aprendizado na prática


A rotina do paraibano João Florenço da Silva é difícil. Ele acorda às 5h30, pega um ônibus lotado no bairro de Pedreira, zona Sul de São Paulo, e segue para a obra de um conjunto de apartamentos de classe média alta na Granja Viana, a 50 minutos dali. É armador. A rotina começa às 7h e termina às 18h, quando enfrenta novamente o ônibus lotado de volta para casa. Ganha por mês R$ 565,00 brutos. Para ele, a situação é pior do que aquela quando era tripulante de um barco pesqueiro de baleias, na Paraíba.

Como operário da construção em uma grande cidade (é difícil imaginar), João leva vantagem em relação aos colegas de profissão em outros lugares. Ele sabe disso, mas não é o bastante. Quer voltar para sua cidade e para a pesca.

O cenário para os operários da construção civil nas grandes cidades brasileiras não é mesmo dos mais animadores. A maioria dos trabalhadores empregados em São Paulo, por exemplo, é proveniente das regiões Norte e Nordeste, como João Florenço. Ainda é possível encontrar quem more em alojamentos da própria obra. Após terminarem o serviço num local e serem contratados em outra construção, deixam de morar nos alojamentos e passam a habitar as favelas e periferias. Muitos trazem a mulher e os filhos para morar em São Paulo.


Texto original de Luiz Ciocchi
Leia matéria completa na Téchne 77


Veja também

aU - Arquitetura e Urbanismo :: 18/09/14

Norman Foster assina design de iate para a Alen Yacht

Téchne :: Reportagem :: ed 210 - Setembro de 2014

Obra aberta

aU - Arquitetura e Urbanismo :: aU Educação :: ed 246 - Setembro de 2014

José Cabral Filho: aula de arquitetura e novas mídias na UFMG