Norma para estruturas de concreto em situação de incêndio entra em vigor | PiniWeb

Tecnologia & Materiais

Norma para estruturas de concreto em situação de incêndio entra em vigor

Novo texto da NBR 15200 traz novos métodos do Eurocode 2 para dimensionamento dos pilares de concreto e esclarece dúvidas frequentes sobre vigas e lajes

Aline Rocha
23/Maio/2012

O novo texto da NBR 15200:2012 - Projeto de Estruturas de Concreto em Situação de Incêndio entrará em vigor no próximo dia 26 de maio. Publicada originalmente em 2004, a norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) começou a ser revisada em abril do ano passado.

De acordo com Valmir Pignatta e Silva, professor-doutor da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) e integrante da Comissão de Estudo de Estruturas de Concreto (CE 02:124.15), do Comitê Brasileiro da Construção Civil (CB-02),  a NBR 15200 precisou ser revisada para modernizar os procedimentos de cálculo de estruturas. A norma é baseada no Eurocode e tem como objetivo de estabelecer os critérios de projeto de estruturas de concreto em situação de incêndio e a forma de demonstrar o seu atendimento, respeitando as exigências de segurança das estruturas em incêndio existentes nas normas brasileiras NBR 6118 e NBR 9062.

O texto antigo utilizava os métodos mais simples da norma europeia. "Os calculistas começaram a utilizar a norma e notaram que, para os pilares, os métodos levavam a resultados pouco econômicos", diz Pignatta.

Assim, a revisão da norma brasileira incluiu os demais métodos do Eurocode 2 para o dimensionamento dos pilares de concreto. "Trouxemos vários métodos e adaptamos aos nossos costumes e dimensões", conta. Em relação às vigas e lajes, o novo texto esclarece dúvidas frequentes dos usuários da norma.

Pignatta também afirma que um dos maiores problemas de não normalizar os cálculos de dimensionamento das estruturas de concreto é que, quando estas são aquecidas, perdem resistência. "A resistência que o engenheiro usou é menor em situação de incêndio", alerta. Dessa forma, um incêndio pode resultar em deformação excessiva da estrutura, ou até mesmo o colapso global da edificação.

Em relação a futuras revisões da NBR 15200, o professor afirma que ela pode acontecer depois da revisão da NBR 6118, que acontece até outubro deste ano. Isto porque se for aplicado novo dimensionamento de concreto de alta resistência na norma 6118, o texto da norma 15200 necessitará de alteração, já que recomenda que o dimensionamento deste tipo de estrutura seja feito baseado nas normas nacionais.

Veja também

Construção Mercado :: Legislação :: ed 191 - Junho de 2017

Nova legislação federal sobre prevenção e combate a incêndios divide opiniões

Construção Mercado :: Construção :: ed 189 - Abril de 2017

Por que vale a pena investir no Building Information Modeling

Construção Mercado :: Construção :: ed 189 - Abril de 2017

Confira os destaques da mais tradicional feira latino-americana da construção