PINI lança livro sobre estruturas em concreto protendido | PiniWeb

Tecnologia & Materiais

PINI lança livro sobre estruturas em concreto protendido

Escrita pelo engenheiro civil Roberto Chust Carvalho, publicação detalha protensão com pré-tração e pós-tração

Aline Rocha
28/Junho/2012

Reprodução
A Editora PINI acaba de lançar o livro Estruturas em Concreto Protendido, elaborado pelo engenheiro civil Roberto Chust Carvalho. A publicação aprofunda o conhecimento em relação ao material, tratando da protensão com pré-tração e pós-tração.

O autor parte do detalhamento dos tipos de protensão e segue apresentando todos os conceitos relacionados ao material. A aplicação prática daquilo que é relatado também está presente no livro.

Em entrevista, Roberto afirmou que o concreto protendido tem se tornado cada vez mais comum com a necessidade de racionalizar os processos construtivos. O autor também fala sobre os cuidados que devem ser tomados na especificação e execução do material.

Confira a entrevista completa:

O concreto protendido tem se tornado mais versátil com o passar dos anos?
Tem se tornado mais comum, pois é difícil hoje alguém andar nas capitais do país ou mesmo nas estradas e não encontrar supermercados, colégios, estacionamentos, estádios de futebol, ginásios de esportes, monumentos, passarelas, pontes e viadutos, contenções de taludes, reservatórios em que se utilizou a protensão. Além destas aplicações os pavimentos de prédios residenciais, comerciais e hotéis, assim como radiers de fundação têm sido cada vez mais feitos com o uso da protensão. No estado de São Paulo há empresas de pré-fabricado fazendo barracões e outros tipos de estruturas industriais, então já é possível dizer que não são mais obras especiais são obras usuais. A necessidade de se racionalizar a construção conduzirá ao uso maior ainda da pré-fabricação e o conseqüente aumento do uso da protensão.

Quais são os principais cuidados quando se fala em estruturas de concreto protendido?
Basicamente o mesmo que qualquer outra estrutura: fazer um projeto adequado, bem detalhado e usar mão de obra qualificada para executá-lo. O cuidado maior deve ser dado à operação de protensão que precisa ser realizada na data em que o concreto tenha resistência adequada e de acordo com o plano previsto pelo projetista. É preciso dizer que nenhum outro tipo de estrutura tem um material trabalhando sob a uma tensão tão alta quanto o aço ativo logo após a protensão.

O que fazer para garantir que a execução seja bem feita?
Seguir detalhadamente as especificações de projeto principalmente quanto ao posicionamento da armadura, dos detalhes de ancoragem e finalmente das recomendações da operação de protensão.

O uso do concreto protendido demanda maior qualificação tanto para o projeto, quanto para a execução das estruturas. Temos mão de obra preparada o suficiente para esse material?
Não diria maior qualificação, mas uma qualificação específica, ou seja, conhecimento do comportamento da estrutura sob protensão mesmo para aqueles que trabalham em obra. A experiência e o estudo do assunto são, obviamente, requisitos mínimos para trabalhar com o protendido. Alguém que nunca estudou ou projetou em protendido terá muitas dificuldades mesmo para executar um projeto bem detalhado. O engenheiro de obra precisa ter os conceitos da protensão para poder coordenar corretamente a execução da estrutura assim como a operação da protensão. Há diversas empresas que tem mão de obra especializada para executar tanto a montagem da armadura de protensão quanto a operação de protensão na pós-tração. Para a pré-tração as empresas de pré-fabricados já dominam adequadamente a técnica. Há uma concentração destas firmas nas regiões Sul e Sudeste e uma parte do Nordeste faltando ainda disseminar este conhecimento para o país inteiro principalmente para regiões que não são capitais dos estados.

O livro Estruturas em Concreto Protendido está disponível para compra na Loja PINI.

Veja também

aU - Arquitetura e Urbanismo :: Canal :: ed 241 - Abril de 2014

Cinco livros resenhados pela redação de AU

Equipe de Obra :: Segurança :: ed 70 - Abril de 2014

Certo e Errado

Equipe de Obra :: Obras :: ed 70 - Abril de 2014

Aprenda a ler projetos de pisos acústicos